segunda-feira, 25 de junho de 2007

Mudanças na rotina

Pois é. Em fevereiro aconteceu uma mudança meio drástica em uma rotina à qual eu já estava acostumado. A formatura? O "fim" das aulas? Não. A carga horária de trabalho.

Não faz tanta diferença no ambiente de trabalho. Quando tem coisas pra fazer, oito horas passam rapidinho. Mas se somar isso com a faculdade, o resultado é que o dia fica mais curto. Me matriculei em uma cadeira para antecipar créditos do mestrado. Não sei ao certo se foi porque eu realmente tinha vontade de fazer mestrado, porque eu não queria perder os benefícios de estudante ou porque eu não queria perder o vínculo com o instituto (aqui entenda-se colegas). A questão é que a rotina ficou cansativa. Muito cansativa.

As aulas estavam no horário de terças e quintas pela manhã. Isso fazia com que, eu trabalhasse até às 19h de segunda à quinta, trabalhando nove horas e meia às segundas e quartas. Acabei matando uma aula. Uma só, que foi dada pelo professor substituto. E a outra, também dada pelo professor substituto, porque só fui informado desta aula na quarta-feira anterior, e não teria tempo de compensar as horas. E a outra, onde o professor deu tarefas novas. E todas as outras que foram dadas.

Resultado? Abandonei a faculdade, pelo a menos por enquanto. Talvez daqui a uns dois ou três anos eu volte a pensar em fazer alguma coisa. Não considero impossível fazer um mestrado junto com uma carga horária de trabalho normal. Apenas não é essa a prioridade no momento.

Nenhum comentário: